Deprecated: Array and string offset access syntax with curly braces is deprecated in /home/recantoaco/public_html/wp-content/themes/pathwell/includes/includes.php on line 196
Se manter ativo é a chave para um bom envelhecimento – Recanto do Aconchego

Se manter ativo é a chave para um bom envelhecimento

Pilates, hidroginástica e caminhada são algumas das atividades indicadas para idosos

O perfil da população muda consideravelmente a cada ano e isso se mostra no aumento de expectativa de vida. Seja pelo desenvolvimento da medicina, da criação de novas tecnologias e até, na mudança de hábitos e prevenção, com isso, a média de vida aumenta a cada passo e ao que tudo indica, a população deve, cada vez mais, ser composta por um número maior de idosos.

Segundo dados da Tábua de Mortalidade de 2016, divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 76 anos, de 1940 a 2016, a expectativa de vida dos brasileiros subiu mais de 30 anos. Hoje, a média da população é de 75,8 anos, comparado a 2015 o aumento foi de três meses e onze dias.

Porém, mesmo que essa média esteja em alta, os cuidados com a saúde devem permanecer, para a fisioterapeuta e especialista em osteopatia, Debora Ucha, se manter ativo é a chave para um bom envelhecimento. ‘Manter o corpo e mente ativos é a principal dica que dou para qualquer pessoa, seja ela jovem, adulta ou idosa. Se uma pessoa cuida desde cedo do equilíbrio do corpo, fazendo atividades físicas e controlando a alimentação ela provavelmente terá um envelhecimento tranquilo, se comparado com outra pessoa mais sedentária. Mas também nunca é tarde para começar’, conta.

Com a chegada da terceira idade, uma série de funções são alteradas, como por exemplo, a mobilidade, as atividades motoras, o metabolismo e até a força dos ossos e músculos podem ser prejudicados, acarretando na perda do equilíbrio.

Por isso, iniciar ou manter atividades físicas na terceira idade é fundamental, pois esses exercícios dão uma nova perspectiva de vida. ‘Ao iniciar uma atividade física, o idoso pode reverter todos esses aspectos, pois ele poderá recuperar o equilíbrio, melhorar as atividades e motoras e ter um pouco mais de flexibilidade, tudo isso traz a ele um sentimento de independência e consequentemente, faz com que permaneça ativo’, explica Débora.

Outros aspectos importantes de realizar algumas atividades é que elas também ajudam no combate de doenças como diabetes, pressão alta, colesterol, obesidade e doenças cardíacas, além de também, ter um papel importante ao levar a autoestima de volta ao idoso.

‘Os exercícios e qualquer tipo de atividade que mantenha essa pessoa ativa acaba sendo um suporte para ela. Quando trabalhamos a capacidade funcional do idoso ele se sente mais seguro de si e os exercícios passam a ser benéficos, não só para o auxílio do equilíbrio e manutenção da saúde, mas também acaba sendo importante para o bem-estar social dele’, pontua a especialista.

Além de fortalecimento e equilíbrio, atividades também promovem autoestima aos idosos

Segundo Debora Ucha, o passo mais difícil é iniciar as atividades, mas os benefícios dos exercícios são o chamariz para que o idoso busque não só experiências, como também, novidades em convivências e interações.

‘Essa fase é um momento delicado para quem está na terceira idade, o envelhecimento já é algo difícil e esse período, além de ser marcado por fragilidade na saúde, é também onde há uma queda de disposição para atividades simples como visitar amigos, caminhar no parque, ou ler um livro, por exemplo. O acompanhamento médico e familiar é fundamental para mostrar novas possibilidades’, explica Debora.

Alguns dos exercícios indicados pela especialista são o pilates, a caminhada e também, a hidroginástica, que ambos servem para fortalecer os músculos e articulações do idoso. ‘É importante também a cada espaço de tempo cada pessoa avaliar o que está fazendo com a saúde do corpo e da mente. Para quem já tem uma vida ativa, há sempre como se superar, para quem pretende começar, é preciso dar o primeiro passo. E para os idosos, iniciar atividades é fundamental, pois pode oferecer novas experiências e melhorar a qualidade de vida’, finaliza Débora.

 

Fonte: https://terceiraidadeconectada.com/se-manter-ativo-e-a-chave-para-um-bom-envelhecimento/

Débora Ucha, fisioterapeuta com foco em reabilitação, acompanhamento e promoção da qualidade; pós graduada em Ortopedia, promove com sua equipe, na Clinica Innovate, uma cultura focada em estilo de vida saudável, com encontros, workshops, atendimentos,  reunindo pessoas que acreditam que investir em saúde é transformador    |    Paula Oliveira,  Arebo Assessoria de Imprensa

O que você achou desse artigo?

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.